Notícia

Orçamento Participativo da Lousã 2018 – já são conhecidas as propostas finalistas


[+] Ampliar
Período de votação inicia-se a 22 de junho e termina a 28 de julho
Já são conhecidas as 11 propostas finalistas da edição de 2018 do Orçamento Participativo da Lousã, cujo período de votação se inicia a 22 de junho e termina a 28 de julho.
Após 6 sessões de participação realizadas em Vilarinho, Casal de Ermio, Foz de Arouce, Serpins, Lousã e Gândaras, após a validação técnica e discussão pública, foram apuradas as seguintes propostas:
- Proposta 1 - Máquina de Rastos - Aquisição de uma Máquina de Rastos para limpeza de terrenos florestais – Proponente: Filipe Amado
- Proposta 2 - Percurso Pedonal e Ciclável entre Foz de Arouce – Parque de Merendas e Casal de Ermio – Praia da Bogueira - Proponentes: Henrique Lourenço, Ricardo Ferreira, Rodolfo Correia e Afonso Carvalho
- Proposta 3 - Parque da Sra. da Pegada - Proponente: José Padrão
- Proposta 4 - Remodelação da Praia da Sra. da Graça – Proponente: João Pereira
- Proposta 5 - Lousã Digital – Proponente: Carlos Alves
- Proposta 6 - Pump Tracks – Proponentes: Marco Sequeira/Ana Margarida Santos/Pedro Filipe/ Fábio Marques/Joana Barata/Cátia Henriques
- Proposta 7 - Campo de Desportos de Praia na Bogueira – Proponente: Fernando Rodrigues
- Proposta 8 - Crianças Felizes Aprendem Melhor – Proponente: Maria Salomé Correia
- Proposta 9 - Centro Cultural Polivalente – Lara Moio e Amândio Julião
- Proposta 10 - Trilhos e rotas naturais do Rio Arouce – Carla Salomé e Sandra Fernandes
- Proposta 11 - Floresta Verde Floresta Viva – Videovigilância na Serra da Lousã – Proponentes: José Catarino e António Lima.
As votações terão lugar em diferentes pontos móveis por todo o Concelho – destacando-se no próximo fim de semana no Parque Municipal de Exposições durante a Feira Anual de São João – e também na Biblioteca e Piscina Municipal.
O Orçamento Participativo da Lousã visa contribuir para o exercício de uma intervenção informada, ativa e responsável dos cidadãos naturais, residentes e trabalhadores no concelho da Lousã, nos processos de governação local, garantindo a participação dos cidadãos na decisão sobre a afetação de recursos às políticas públicas municipais, tendo sido disponibilizados 70 000€ para a execução do projeto vencedor.
Partilhar no Facebook